30.6.10

E nesta solidão...

As vezes a solidão pesa.
Então penso: "Não seria tudo melhor com alguém?".
Queria poder ouvir o silêncio à dois.
Penso nos dias de verão,
Nas tardes de inverno.
Só queria poder ser normal.
Não consigo sentir o amor.
É difícil ter anticorpos de amor.
Lágrimas. Desertos sufocantes. Solidão.
Queria ser alguém, que não eu.
A cada nascer do sol, um novo recomeço.
Amargura não!. Medo de amar!.
Penso em mudanças.
Planejo mudanças. Drásticas!.
Só peço isso: mudança!.
Por favor não me deixe aqui sozinho.
Não suporto mais!.
Quero provar do veneno do amor.
Me intoxicar e me viciar nele.
Não sou mais um robô.
Não tenho atitudes mecânicas.
Sou único em cada momento.
Só quero poder libertar meu coração,
Desse cárcere do qual o mantenho.
Talvez seja a hora certa.
Penso no que tenho que pensar.
Vou viver o que tiver que viver.
Do que adianta estar apenas de passagem?.
Aprendi com meus próprios erros!.
Cansei de sufocar a mim mesmo.
Exijo mudança!.

Procura-se o amor!
Recompensa: ser feliz para todo o sempre!.


By: Ayke.Hernandes.

29.6.10

A volta por cima.


Queria poder te dizer a verdade...
Hoje em dia ninguém é de ninguém...
Palavras de difícil compreensão.
Estou fora de mim por esses tempos.
flasches, relances, vozes, luzes,
Alucinando a minha cabeça.
Estou perdido entre míseras almas.
O jogo do tarô sempre me diz a mesma coisa.
E isso é bom!.
Vamos começar a agitar um pouco mais nossas vidas.
Selvageria, euforia, alegria, sufocos...
Pregação sobre o selvagem e o carnal.
Coloquem minha reputação lá embaixo, quero me acabar,
Esquecer quantas doses tomei,
Conhecer o outro lado da moeda,
Dar o outro lado da cara à tapa.
Exclua-se com seu tempo!.
Mande tudo pra merda!.
Me olhe com os olhos mais sujos e com injustiça,
Que eu lhe agradecerei.
Paixão?, Amor?. Não.
Apenas meios de sermos usados.
Máscara eletrônica, Bluetooth.
Recomeçar do meio,
E também terminar meu começo.
Só os loucos sabem, o que é ser um louco.
Pela manhã continuo vivendo a vida amarelo ovo.
Pela tarde continuo rindo azul-turquês.
E a noite vivo a rotina do vermelho escarlate.
Nunca conte com ninguém para te fazer feliz,
Faça isso a si próprio!.

By: Ayke.Hernandes.

28.6.10

Minhas Tardes


As tardes são a eternidade do silêncio.
As máscaras cobrem nossos medos.
Expressões, olhares, arrependimentos.
Quando é a hora certa de recomeçar?.
Todos somos mentirosos. Isso é normal.
Com frio no corpo,
E febre na alma.
O sono para esquecer os problemas.
E sonhar com outros.
O paraíso não existe.
As tardes são cheias de pecado.
O susto nos desvenda mistérios.
O doce gosto da vitória,
E também o lado azedo de tudo.
Se você disser que me conhece,
Se enganas!...
Nem eu a mim mesmo, sei quem sou.
Tudo vai ficar bem!.
Hoje eu me sinto bem!.
Colecionar "pecados", eis minha missão.
Pecado: condição de impedimento.
O estranho sou eu?. Tudo tem reação.
O branco é a ausência total do pensamento.
Andar rumo ao abismo, tem seu lado bom.
Se jogar nele também.
Tarde: desperdício de tempo.
Se a vida me premiasse toda vez que fosse bonzinho,
Nunca ficaria rico!.
Reduzir-se e eliminar-se, essa é a regra.
Minhas tardes são felizes: "máscaras".


By: AyKe.Hernandes.





27.6.10

Os disfarces da Sociedade


O odio é o disfarce do amor.
A quantidade de vadias é incrível!.
Não aguentando minha vida.
Decifra-me ou devoro-tê.
Falsidade é ingenuidade.
Vozes e sombras.
Olhar obtuso, pirâmide quadrada.
Morte precoce, vida regrada.
Expectativas são meras desgraças.
Como decifrar um estranho?
Um vampiro?. Um viciado?.
Psicopatia é doença?.
Ser enganado e estar calado.
Bagagem cultural?, questão de escolha.
A vida trás a mim lembranças.
Cansei de mentiras e conselhos.
Ainda estarei sozinho neste mundo.
Gente ignorante, sem mera importância.
Perseguição de pessoas iludidas.
Bolachinha de morango!.
Odeio me odiar,
Me amo sem limites!.
Disfarce do egoísmo!.
Pintar o rosto pra disfarçar.
Números e letras.
Animais e sombras.
Egoísta. Eu sou um egoísta.
Vivendo entre lobos,
Comendo entre lobos,
Fugindo desses lobos.

By: AyKe.Hernandes.

25.6.10

Amizade


Assim como promessas mau feitas,
Como a mais venenosa cobra rasteja sobre o deserto,
Nossa amizade nunca terá fim!.
Quero poder andar na obscuridade,
E viver numa paz e tranqüilidade,
Ao lado da comitê das sombras,
Dos guerreiros do bem ou do mal.
Em uma das mãos uma espada,
Para decepar as cobras do caminho,
Na outra um copo de vodca,
Para apaziguar os pavores do mundo.
Andamos sem rumo, somos "POP".
Fazemos sentido a vida, somos o que somos,
Não o que deixamos de fazer.
Mudança: palavra chave.
Segredo: sinceridade.
Das mais profundas raízes da tristeza,
Até o ultimo sorriso!.
Não importa o que aconteça,
Esquecemos nosso coração em mundo sintético,
Onde viver é apenas uma questão de escolha.
Quando podemos, sabemos que podemos.
Quando é impossível, sabemos que tentamos.
Da vida dupla, à tequila com cerveja.
Das "conservas" do dia, ao desespero da noite.
Agonia, choro, alegria, bebedeira.
Café com nostalgia.
Nossas almas juntas, planejam a dominação do mundo.
Somos algo inexplicável, em um mundo inabitável.
Seres normais?. Até certo ponto.
Não possuímos nossos corpos.
Nas noites afora a agonia do mistério.
Olhares e escândalos nos cercam.
Somos capazes da parar o mundo,
Com um simples pensamento.
Nas noites festejam.
Nas tardes planejam.
Nas manhãs apedrejam.
Somos o segredo da religião.
O oxigênio do planeta,
E também o inferno do mundo.
Deuses ou humanos?.
Criaturas superiores e perfeitas.
Algo que causa inveja, repudio e ostentação.
Possuímos o maior bem que existe: a amizade.
Somos cobre, zinco e ferro.
Queremos martini, vodca com energético.
Nascemos para vencer, humilhar,
E entristecer a concorrência das sombras.
Cada qual com sua cruz,
Seguindo em direção a uma luz,
Vivendo bolando os esquemas.

By: Ayke.Hernandes.







24.6.10

Recomeçar


As vezes penso que não sou eu.
Vivo perambulando entre uma realidade disfarçada.
Sinto que não pertenço à este mundo.
Tenho medo do que está por vim.
Sinto falta da ternura de uma mãe,
Vivo pensando em mudança.
Nunca sigo os mesmos caminhos!.
Nunca deixo vestígios de meu passado.
Quero ser uma fênix,
Renascer de minhas cinzas.
Quero ser outra pessoa!.
Olhares e coisas estranhas,
Morte pedindo pra ficar,
Saudade querendo recomeçar.
O único que recomeça sou eu,
Saudade deixe pra trás,
Morte que siga em frente.
Procuro minha salvação.
Sábado, tristeza recolhida.
Domingo, experiência vivida.
Do arranhão à cicatriz mais profunda.
Da dor física a espiritual.
Do chiar da chaleira,
Com a quebra do silêncio.
Não sei pra onde vou,
Não tenho palavras.
Vida: passagem pro divino,
Algo que me resta.
Eu sou uma estrela cujo curso é único.

By: Ayke. Hernandes.

23.6.10

A luz misteriosa.


Gostaria de saber o que existe além das nuvens,
Do cinza-azul do meu céu,
Do horror e medo que sinto por dentro,
De bichos selvagens devorando sua alma,
Esperando um deslize para te possuírem,
Com vícios e muitas sombras.
Mas entre as sombras eu vi a luz,
Era verde...
Seu som ecoou no meu coração
E abriu meus olhos para a vida.
Pensei em desistir e fracassar,
Mas agora sei que nasci para vencer.
Terei minha libertação.
Serei um vencedor, custo o suor que for preciso,
Não abandonarei as sombras.
Não abandonarei a mim mesmo.
Serei guerreiro e serei capaz de dizer:
"-Eu tentei, e fui capaz, capaz, capaz...".
Capacidade ou empenho?
Empenho ou sorte?
Sorte?
Você se venderia?. Por pouca coisa não.
Custe o que me custar.
Haja o que houver,
Seja o que for,
Eu irei conquistar o meu mundo paralelo.
Serei dono de meus sentimentos,
Viverei abastecendo minha alma.
De coisas boas?
Talvez!...

By: Ayke.Hernandes.

21.6.10

Ele"?"



Quem é ele?
Uma incógnita, um ser estranho,
Ignorado por Deus e acolhido pelo mundo.
Cansado de ouvir desaforos e confissões.
Quer viver sua realidade e seu universo paralelo.
Tem expiração em sua musa.
Quer ser escravo do "POP".
Vivendo com ele você aprende.
Amado por ele mesmo.
Odiado por multidões.
Apedrejado de pé:
"E a platéia vai ao delírio!".
Escravo de sua arte.
Sufocado por perseguições noturnas.
Até ele me adora.
Pensava que sua alma não valia nada.
Recebeu sua grande recompensa.
Quer ter relações com o espelho.
Odeia o próximo e a si mesmo.
Porem, oculto e poderoso!.
Não ousem pisar no seu caminho.
Estou com medo de viver! haha.
Ele te dará apoio a noite.
Quer ver você brilhar.
Mais com um brilho mais ofuscado,
Porque quem realmente brilha é ele.
Ninguém é inocente,
Ele usa isso como defesa.
Quer se entregar de corpo e alma.
Vivenciar os prazeres e os pecados.
Odiar e ser odiado.
Crescer sobre seus dois pilares.

:)By: Ayke. Hernandes.

19.6.10

NAquela NOite.


  • Chocado por algo?
  • Lá naquele lugar há vozes e pessoas,
Pessoas e vozes, mostrando a mim suas garras e dentes...
Me acham estranho?. Não viram nada ainda.

Sou um ser livre e liberto de minha prisão.

Mostrem-me seus dentes!. Quero vê-los!.
Algo pesado e estranho me assombra!

Ando com uma grande prostituta livre!
Animais da selva cercam-me!

Tento parar de ir à este lugar,
Mas, preciso me alimentar!

Quero vodca na veia, vendo tudo de cima.
Não posso ouvir aquela voz!

Pare de se oferecer, para de me olhar!
Tenho medo de me deparar com o estranho.

Vêm e segue-me!, é noite!
Quero sangue, sou vampiro.

Vamos todos, armados e bem preparados!
É hoje o dia da caçada!

Emoção estranha. Sensação boa.
Quero mais é permanecer na escuridão!

Não posso mais viver sem aquela emoção.
É difícil ser entendido. Também nem quero.

Cheguei de lá e acordei.
Que noite estranha, que sensação boa.

Serviço feito?. Ainda não.
Preparo-me para a reviravolta.
Para meu grande final.

Lá é bem escuro!, e iluminado.
Pessoas gritam e te olham estranho.
Quero voltar...

By: Ayke. Hernandes.

17.6.10

O viver é agora!

Conheceu o sofrimento.
Conheceu suas dores e suas cruzes.
Teve medo da depressão.
Viveu pensando nos outros.
Não aguentou o fardo
Pesado,complicado, embaraçado.
Eu lhe entendo agora.
Sei lá !, Está tudo dando errado!.
Podia ser um pesadelo. Não, não é.
Vida real, porque você é tão real?
Não poderia ser um pouco menos egoísta?.
Os bons nasceram para sofrer.
Sei lá!...
Felicidade besta!...
Tinha você comigo!.
Sentindo um abismo no peito,
Um turbilhão na cabeça,
Um medo nas pernas,
E uma ponta de esperança em um dos dedos!.
Missão? Qual é a minha?
Pronto. Acabou.
Tenho medo de me entregar.
De ser perseguido e não poder voltar!
De ser enganado e morrer sem tentar,
De viver feliz, mas fracassar.
Quero ser feliz da minha maneira.
Mesmo exposto num bombardeio de cruzes.
Mesmo apodrecendo por dentro.
Sofrendo por fora!.
Vivendo na esperança de você voltar!.

By: Ayke. Hernandes.

15.6.10

O Grito de Munch

Ligação Transcendental...

Sabe o que é perder alguém?
Sentir uma ligação física e espiritual?
Viver sua rotina por esta pessoa?
Precisar dessa pessoa?
Pareço o grito de "MUNCH"
Exposto para um mundo de sombras.
Eu não sinto mais prazer,
Em viver...
Queria poder te amar.
Queria poder te abraçar, beijar
E nunca deixar você me escapar.
Queria ser seu para todo o sempre.
Minha musa. Minha loba!.
Criou o meu ser,
Me deu conforto e amor,
Soube cuidar da minha dor.
Cansei.....
Queria estar com você!
Você é minha salvação,
Meu ponto de ligação com o universo,
Com o divino.
Mergulho agora de cabeça,
Rumo ao TITANIC de minha vida.
Queria estar com você!
Te amar, beijar e abraçar.
Te amarei para sempre.
Eu preciso de você.
Te peço perdão se te magoei,
Mas eu preciso de você!.

By: Ayke. Hernandes.

A Dor Da Perda.


Não existem palavras, línguas, gestos ou mesmo pensamentos que possam expressar a dor da perda.


Viver para que?
Meu motivo maior não existe mais
É hora da entrega total ao desconhecido.
Fortalecimento a base de medo
Vontade sem vontade,
Alegria Mascarada!
Bem atrás existe uma escuridão
Fujo, corro, me escondo.
Ela me segue.
Agora vivo de sofrimento,
Me alimento de dor.
Espero minha glória,
Minha total redenção. Ou não.
Eis minha, esta é minha questão.
Volta eu te peço,
Auxilia-me e guia-me.
Muito mais!
Trocaria minha alma por sua vida.
Viveria nos confins do inferno por você,
Gostaria apenas te dizer:
Eu te amo

Te abraçar e te render louvores por suas virtudes.
Meu amor, minha vida, minha mãe!
Queria que fosse diferente!
Queria poder ter amor, e viver um mal romance!
Queria não deixar você ir!...

By: Ayke.Hernandes.