31.3.12

Vilão

Feito em 20 de Fevereiro de 2012...
 
Vamos começar o ritual sagrado de um vilão?
Acordar e se olhar no espelho com o mundo na mão!
Entoar grandes façanhas para um grande dia,
Com pouca alegria e muita diversão má!
Todos prontos para as maldades do momento,
E para destruir com o bem que deve acabar.
Todos torcendo contra, e você dando na cara do “todos”!
Isso é bom, isso é maravilhoso!
Isso é bom, é grande e glorioso!
Por que nos dão seu desprezo, mas no fundo,
Querem todo o nosso amor!
Nunca foram capacitados a sentir dor!
Os mocinhos podem ter finais felizes,
Mas não valem a metade de um grande vilão.
Pode ser o vilão da noite,
Pode ser o vilão do dia,
Aquele que é maligno ao extremo,
Ou que ainda possui um pouco de simpatia.
Nunca tive um valor tão grande no mercado,
Quem sabe seja o vilão do momento começado,
Por que nessa nova onda ser vilão é um mérito,
É fazer parte do fiel séquito,
Da poderosa liga dos Super-Vilões do mau!
Ás vezes de noite eu tenho medo,
Dos barulhos e do segredo,
Acho que perco meu instinto de vilão,
Mas de dia sempre dou meu máximo de lição,
De por que é que nasci neste mundo.
Nós podemos ser vilões engraçados,
Mas nunca esqueça que não somos tapados,
E que jamais seremos palhaços quando a história é destruição.
Por que a grande vitória é de quem luta,
E não comove mais por pura escolha de opção.
Se eu ouço aqueles chamados estranhos,
Que sempre nascem de minha mente fantasiosa,
Onde parece tentar me seduzir para a caça,
De borboletas rodamoinhos de luz,
Eu sei o quanto ser vilão pode ser bom,
E o legal disso é que não preciso me justificar,
Se eu agora fizer coisas sem sentidos ou más.
E como de repente o mundo voltou a valer à pena.
Quem é otimista na vilania sabe sempre fazer uma grande cena,
E consegue exatamente tudo que sempre quer!
Saem de dentro do meu mundo seres infernais,
Que me educam a ser um grande vilão.
Mas querem todo o seu amor. Isso não seria capaz?
Melhor pensar o mundo, e empurrar pra fogueira o de traz,
Que sempre destruiu com minha vida.
Hoje aquelas oferendas que alguém sempre entrega,
Será destino operado de um coração.
Por que sabia foi à decisão,
E o esperto vilão,
Sabe como um pequeno e frágil mocinho age,
Ele não amarga, mas coage,
Aqueles pássaros ourives que sempre planejaram um belo céu.
Deve ser Rei tirano ou vilão cruel,
Vamos terminar o ritual sagrado de um vilão?
É hora de rir da cara dos trouxas que ainda acreditam em milagres,
Que ainda acreditam nas minhas caridades,
Como um grande vilão eu quero mais que você se exploda!

By: AyKe.HeineDef.

29.3.12

Tentando Crescer

Feito em 09 e 11 de Fevereiro de 2012...
 
Eu estou tão farto da minha vida,
Da minha rotina cansativa e diária,
Eu estou farto da minha vida,
Os tantos roteiros e a mensagem secundária.
Eu vivo da dor e não da rotina.
Cansei de ver da minha janela aquela colina,
Longe, tão longe do que eu sempre idealizei,
Longe, tão longe de tudo que sempre controlei.
Alguns resquícios dos meus sonhos ainda existem,
O pouco que ainda me sobrou,
Por que minhas esperanças persistem?
Não sei quem sabe nada acabou.
Isso pode ser obra do acaso.
Não, não pode. O acaso não existe.
Mas algo em mim ainda persiste.
Mas isso não me torna mais um condenado.
Antes eu era apenas mais um.
Hoje não sou um a mais dos enganados,
Dos que estão satisfeitos e motivados,
A passar a vida inteira acreditando ainda ter fé.
Perdi o controle de mim mesmo.
Eu virei uma pessoa normal,
Daquelas que se vestem padronizadas,
Daquelas que são felizes e acomodadas,
Por quê? Por que senhor?
Eu não tenho mais meu foco,
Eu não tenho mais nada de especial,
Voltei a escrever porcarias,
E a não ser controlador do mau,
Não entendo o que eu passo,
Não entendo o que eu faço,
Não entendo mais esses tantos “não entendo!”
Só sei que algo em mim está morrendo,
E que tudo tem seu prazo de validade.
Sou escravo não nego,
Com a vaidade me apego,
E luto cada dia mais para me entender.
É hora de crescer. Eu sei.
É hora de crescer.
É hora de abrir meus olhos e aprender a ver.
Nem tudo foi tão programado assim.
Nem tudo nos dá tanta explicação.
É viver no 8 ou 80,
Ou ainda fingir que temos um pouco de razão.
Quem sabe seja a hora de me arriscar em novos horizontes,
Tão longe, tão longe quanto aquela colina.
Aquela minha velha amiga,
Aquilo tudo que nunca me arrisquei fazer.
É hora de abrir minha cabeça e crescer.
Os reais resultados só aparecem,
Quando nos damos conta do arriscar,
De poder fazer cada minuto valer à pena,
E não se prender a fatos e chorar.
Lágrimas não resolvem problemas,
Lágrimas nunca foram soluções,
Lágrimas apenas serão lágrimas,
Que mexem ainda mais com nossos corações.
Tentei me arriscar, crescer um pouco,
Talvez você me ache um louco,
Talvez você me dê razão.
É assim que se fazem horizontes.
É assim que se fabricam semblantes,
Que se arriscam apenas a sorrir,
A segurar nossa mão e não nos deixar cair,
Por que é assim que se fazem sonhos.
Isso não muda minha situação.
Estou tão farto da minha vida.

By: AyKe.HeineDef.
 

28.3.12

Você Está Preparado?

Feito em 23 de Fevereiro de 2012...
Às vezes sabemos quando não podemos,
Em outras tentamos não nos entender,
Mas o segredo que todos temos,
É apenas nosso, e devemos esconder.
Preparação. Isso foi o que sempre tive.
Preparação para uma vida que irá ser boa.
Por que nada passamos a toa,
E apenas os mais fortes sobrevivem.
Será que podemos fugir de nossos destinos?
Será que devemos aceitar tudo sem contestar?
Será que ainda nos dão motivos,
Para poder realmente rir ou chorar?
Eu sou novamente aquilo tudo que sempre fui.
Eu sou aquilo que nunca deveria ter deixado de ser.
Eu novamente pude me encontrar,
E posso voltar a gostar de viver.
Quem sabe o que perdi nesse tempo?
Mas isso não importa, ainda há muito a se querer,
Eu aprendi a ser outro e crescer.
Voltei a pensar em ser louco,
Em mudar todos os meus conceitos e não pouco,
Por que quero tudo renovado,
Tudo que presta em mim reciclado,
Tudo novo no meu novo.
Quem não é capaz de correr atrás de seus próprios sonhos?
Eu não vou ficar esperando as coisas caírem do céu.
Hoje posso sorrir com todos meus dentes,
E posso me considerar uma pessoa descente,
Um brilho a mais que um dia poderá percorrer o universo,
Inovador e inverso.
Eu sou essa estrela desperta e pronta.
Estou preparado para qualquer comando ou coisa louca.
Tenho todo o poder do universo a meu favor,
Disposto na mais pura inocência do louvor,
Eu sei que posso conviver com a dor,
Tudo é uma questão de amar e retribuir amor.
Abri meus olhos e consegui ver,
Enfim depois de tudo eu pude escolher,
Mas fiz a melhor das opções,
Não seguir apenas algumas direções,
Mas todas as possíveis que me levem,
Até o ponto máximo de um mundo mínimo.
Não faço nada pelo dinheiro, mas ele ajuda,
Faço por tentar ser alguém, e não desistir da luta,
Por que nunca fui fraco como você sempre pensou.
Enfim, dentro de mim nada acabou,
Por que nada tem fim absoluto,
Eu entendo isso mesmo ainda não sendo tão adulto,
Ou tendo conceitos distorcidos da realidade.
Enfim você não interfere mais em minha vida,
Enfim posso te encarar de cara erguida,
E fazer tudo que sempre quis.
Preciso comprar uma arma,
E sair por aí mostrando minha força,
Não uma arma de fogo e sim uma arma de moral,
Que possa dissipar de mim todo o mau,
Que você me impregna com os olhos.
Nesse tempo incubado,
Entre a morte de alguém e a vida de outro,
Eu parei de pensar um pouco,
Sobre o que você deseja que eu faça,
Eu abuso sim da trapaça,
Não quero mais viver esse inferno.
Converso comigo mesmo:
“Você está preparado?”
“Eu nunca estive tão preparado em minha vida.”

By: AyKe.HeineDef.

26.3.12

TOP

Feito em 30 de Janeiro e 11 de Fevereiro de 2012...
 
No topo eu sou TOP,
Você acreditando ou não.
No topo eu sou TOP,
Andando nas ruas sem direção.
O que um Bacardi não faz?
O que um Bacardi não nos traz?
No topo eu sou TOP,
No topo do mundo.
No mundo sou POP,
Um poço tão fundo.
Um chamado, bem avisado,
Bem bolado e executado.
Um tiro no Papa que é POP, um TOP,
Do mundo cristão.
Desculpe-me pela minha confissão.
Pela sua falta de entendimento e conclusão.
No topo eu sou TOP,
Você querendo ou não.
No mundo isso é o POP,
Um asilo de loucos.
Mas lá só chegam esses poucos.
Tão poucos, tão poucos, tão poucos.
Um asilo de loucos.
Um velho sem fé com uma pedra na mão,
No mundo tão mágico do fogo e do chão,
No topo eu sou TOP,
No POP ou no ROCK.
É isso que me espera assim tão vulgar,
Um mundo que chega e vai logo acabar,
Por que é assim que vive um TOP,
No topo da montanha,
Na melhor das hipóteses,
Que nascem em entranhas,
Do POP pro TOP, na arte de um século,
Na arte de um bélico,
Poder de dez bombas nucleares,
Sonhadas e projetas por naves solares,
Doa aliens! Sim dos aliens!
Se no topo eu sou TOP,
Não crie ilusão,
Se no topo eu TOP,
Não me tire à razão,
Um grande asilo de loucos,
Aonde só chegam esses poucos,
Tão poucos, tão poucos, tão poucos.
Destrone um mundo,
Coroe uma fé.
Destrone o mundo,
O governo sem pé.
Cabeça? Para que cabeça?
No topo eu sou TOP,
Você acreditando ou não.
No topo eu sou TOP,
Andando nas ruas sem direção.
O que um Bacardi não faz?

By: AyKe.HeineDef.

25.3.12

Idiota Deprimido

Feito em 15 de Fevereiro de 2012...
 
Eu bancando o idiota deprimido,
Enquanto todos me olham destruído,
Mas por nenhum motivo. Sim, nenhum motivo.
Todos aqueles olhares em minha direção,
Eu irei ficar de pé e sorrir, e não ter pena ou compaixão.
Essa noite eu não irei me afogar em minhas lágrimas,
Não verei o tempo passar tão lento enquanto eu penso,
Tudo o que eu sempre senti ou ainda sinto,
É apenas uma parcela do que devo omitir e omito.
Não me importo com o que as pessoas dizem,
Eu sou essa miserável carcaça esquelética,
Eu sou esse misero nerd que sabe de mais,
Eu sou aquele revoltado sem um misero de paz.
Essa é minha vida, e essa noite eu não irei chorar.
Existe um mundo lá fora para se conquistar,
E hoje ainda tenho que ver onde posso chegar.
Quais serão os meus limites?
Quais serão os meus palpites?
Eu não vou mais bancar o idiota.
Esse corpo que é morto na esquina morta,
Daquele dia da casa esquecida no meio do nada.
A bela casa amarela com azul e torta.
Não posso ser tão ingênuo a ponto de acreditar,
Que me olham por que gostam de mim,
Eu sei de quase todas as verdades sim,
Exceto sobre aquela absoluta do tudo.
Eu não devo pertencer a esse mundo!
Não posso mais continuar deprimido.
Lágrimas de dor? Não nunca mais, por favor!
Essa noite eu não irei pensar na vida,
Eu apenas irei correr na estrada do amor,
Em direção ao grande sol nascente,
Que me limita a dormir mais uma vez.
Essa noite o mundo pode ser meu,
Essa parcela que Deus nos prometeu,
Eu sei que ele não se esqueceu.
Nós somos fortes, e isso me intriga,
Como posso perder essa batalha?
Meus olhos não podem mais chorar,
Eu não sou mais um idiota. Eu não sou uma mosca morta.
Enfim eu sei para o que eu nasci.
Enfim eu entendo que eu em partes cresci,
E esse caminho recoberto de pedras amarelas existe.
Eu nunca irei parar no tempo, sou daqueles que persiste,
Apesar de estar errado ou equivocado.
Eu serei inquisidor, jogarei na fogueira aqueles que me perseguem,
Eu serei um monstrão, comerei a todos que me humilham,
Eu serei franco, serei simpático, serei o que você quiser,
Naquelas horas de exatidão suprema,
Eu não irei mais bancar o idiota deprimido,
Enquanto todos me olham no chão.
Uma grande ferida sempre sara,
E nessa noite não irei mais derramar lágrimas por ninguém.
Esse idiota deprimido morreu.

By: AyKe.HeineDef.