29.1.13

Você Tem Medo?

Feito em 29 de Janeiro de 2013...
Você tem medo de amar? Você tem medo do amor?
Você tem medo de sonhar? Você tem medo da dor?
Você tem medo de mudar? Você tem medo do escuro?
Parece um tanto incapaz? Parece muito mais inseguro?
O que pode ser o medo além do medo?
A minha história eu guardo em segredo.
Somos testados todos os dias pelo mundo,
Se não se segurarmos nós iremos para o fundo,
Enclausurados no terror de um inferno depressivo,
Uma vida morta cheia do vazio incompreendido.
Viver é não ter medo do perigo,
Então siga meu conselho, não tenha medo meu amigo,
A vida é muito mais do que uma simples rotina.

Você tem medo? Sim, eu já tive medo.
O medo do depois, do que não vemos acontecer,
Dos fatos vindouros, do que poderemos ser,
Do que poderemos nos tornar, medo de morrer,
Medo do que pensar, medo do que poder dizer.
Devemos perder o medo, abrir nossos olhos para a razão,
Nós podemos ser muito mais além do que essa compreensão,
Aprendi que sou mais do que um personagem de quadrinhos.
Eu sou a minha própria verdade,
E faço acontecer na minha liberdade,
A constante revolução dos meus atos.
Eso no es lo que me gusta.
A inconstante fobia de não dominar os fatos.

A mágica do medo impede seus passos,
Se me der a sua mão nós iremos para um espaço,
Onde não existem mais razões para os seus problemas.
Cavalgando pelas palavras eu uso fonemas,
A mágica do medo estreou em cartaz no cinema,
Ficou apenas em mais um dos meus poemas,
Eu sou a evolução da sua vida.
De um mundo vindouro, eu sou o meu sonho,
O meu presente completamente dourado,
O medo não é meu problema,
Eu sou um sol amarelo e iluminado.
Você tem medo de mudar? Você tem medo do escuro?
Você sempre foi capaz. É você que faz o seu futuro.

By: RiCke MaveRiC.

28.1.13

Perfect Creation

Feito em 28 de Janeiro de 2013...
A killing machine to make meat,
Everyone wants to accomplish this feat,
This is hard, but I'm a heart maker,
The education I say to go shit,
I'm a crook, I was born faker.
I’m your perfect creation,
You gotta be my exception,
Are you ready like a rocker?
I'm going infect your mind,
And I know you're still blind,
A killing machine to make meat,
I'm protected by a rind,
Everyone wants to accomplish this feat.
I'm going infect your mind.
I came from the other side.
I'm going infect your mind.
And I know you're still blind.
I'm going infect your mind.
Do it. Live it. Invade it. Fight it.
I'm going infect your mind.
A killing machine to make meat,
Dressed in the finest suit,
The education I say to go shit,
I’m your perfect creation,
And it's my impression.
Tainted. You pay attention!
I'm feeling the numb,
You're creeping.
I'm getting dumb,
You're sleeping.
Undercover invading your mind,
Surrendering. All is lost in this fight.
I'm your perfect creation,
You gotta be my exception,
That's a lot of temptation,
Are you ready for sedation?
This is great information,
God's gift of creation.
Dividing by three. Thirteen is inspiration.

By: RiCke MaveRiC.

25.1.13

Quero Um Piano

Feito em 25 de Janeiro de 2013...

Eu descobri que sou perfeito, com todas minhas imperfeições,
E que ninguém tem o direito de tomar as minhas decisões,
Eu descobri que a vida é maravilhosa quando tem que ser,
E que tudo acontece por que tem que acontecer.
Resolvi tomar uma atitude, eu decidi ir viver,
Aparentar muito mais do que posso aparentar ser,
O que fazer com meus impulsos revolucionários?
Não posso me queixar, tenho um dom extraordinário,
Que brota amor por aquilo que eu faço,
Então me preocupo pouco, estou no limite do meu espaço,
E não a nada nesse mundo que não possa ser inventado,
Por isso estou mais alegre, mais maravilhado,
Entre a linha que me separa do real e do encantado.

Essa nova atitude nascida com esse novo ser humano,
Virei minha afirmação contra o normal, a favor do insano,
Por que não a justiça quando se usa de um engano?
Ainda não sou nem a metade, quero um piano,
O que fazer com meus impulsos revolucionários?
Construir uma catedral? Ser mais um dos extraordinários?
Ganhar uma fortuna sendo mais um ordinário,
Uma nova cara dentro de um mundo milionário?
Às vezes tenho dó de mim mesmo, mas não me rebaixo,
Sou do time das interrogações, nunca me encaixo,
Em nenhum conceito até então publicado em um dicionário.
Eu nunca falei de um novo conceitual como agora,
Cada vez mais espero por minha hora.

Ouvi dizer por ai que quase tinha morrido,
Talvez você que não tenha percebido,
Que eu tirei umas férias e voltei modificado,
Tudo que eu acreditava desabou sobre mim,
Fiquei muitos dias hospitalizado.
Mas posso garantir que é sempre bom um passeio selvagem,
Descobrir os nossos medos e a nossa verdadeira imagem,
A nossa verdadeira mensagem, nossa força e coragem,
E não há nada que me faça mudar de direção,
Eu quero viver e possuir a minha força de criação,
Não ser mais um ordinário com uma grande imaginação.
Posso ter cortado meus cabelos, mas me sinto engrandecido,
O mundo sempre foi meu e eu nunca havia percebido.

Estou na beira dessa glória inexplicável,
Usando uma barreira invisível e impermeável,
Agora posso entender todos os meus passos.
Eu luto contra mim mesmo, ocupando todos os espaços,
Os prováveis, os improváveis, os vazios e secretos.
Eu gosto do inaceitável, do abusivo e do indiscreto.
E não há nada que me faça mudar de direção,
Esse sempre foi o meu sonho de ambição.
Sempre mais da mesma tecnologia cibernética,
E eu aqui marcando a minha memória,
Se não for por uma questão de genética,
Eu quero um piano e fim da história.
Para todo grande homem existe uma grande vitória.

By: RiCke MaveRiC.


22.1.13

Enquanto Você Reza

Feito em 22 de Janeiro de 2013...
Resolvi hoje mudar um pouco essa cidade,
E usar um amarelo plutônico imoral,
Coloquei meu All Star, alterei minha personalidade,
E resolvi não ser eu mesmo, o que para mim é normal.
Tomei os meus remédios, embriaguei minha mente,
E dei uma desculpa idiota para ser mais formal.
Nada me impede de ser um inconsequente,
Mudar essa cidade já é até habitual.
Eu sou um garoto do mau, meu cabelo está bagunçado,
Hoje criei mais uma arte original.
A minha sorte é que não estou amaldiçoado,
Mas aprisionado como um marginal.
Um quadrado colorido, uma obra colossal.

Eu crio a minha moda, eu pensou que sou e faço,
Estou criando uma cultura sobriamente intelectual.
Minhas possibilidades vêm todas do espaço,
Um punhado de cores em uma tela vertical.
Sempre mais do mesmo tópico barato,
A mesma frequencia que a cor do cabelo muda,
Já cansei até mesmo do assassinato,
E nunca precisei da sua ajuda.
A minha arte é uma arte original,
Usada para esconder o meu pecado,
Sem graça, sem compreensão ou anormal,
Sempre me disseram que eu seria um fracassado.
Só vejo o egoísmo por todo lado.

Não quero que você me olhe com os olhos,
Mas que me veja com sua mente,
Quero fabricar os seus sonhos,
E transformar aquilo tudo que você sente.
Eu sou a minha própria produção,
Eu sou o meu próprio futuro,
Sou toda essa infecção, injetada no escuro.
Instaurada a minha verdadeira monarquia,
A minha série de obras particulares,
Um belo sorriso de um “Bom Dia”,
Evoca quase todos os olhares.
Sempre me disseram que eu seria um fracassado.
Mas ainda só vejo egoísmo por todo lado.

Bate um coração dentro do meu peito que é novo,
Quer o novo, faz o novo, vive nesse novo.
E tudo isso sou eu. O que eu visto, o que eu penso,
Tudo aquilo que eu faço ou que eu dispenso.
Não preciso fazer aquilo que odeio,
Evito essas cenas, mas eu não desdenho,
Eu sou uma arte abstrata de um período natural.
Esse pode ser o meu começo, o novo processo conceitual,
E nem por isso sou menos ou mais do que você.
Sou a quantia que eu acho que devo ser.
E se me olham é por que não querem ver,
O momento propício de inserir mais uma cultura,
De fazer-se acontecer às coisas da minha loucura.

Eu fabrico e sou essa coisa toda torta.
Eu sou minha expressão, não sou uma arte morta.
Eu crio a minha moda, eu pensou que sou e faço,
Estou criando uma cultura sobriamente intelectual,
Sempre me disseram que isso era um fracasso,
Mas hoje eu criei o meu futuro conceitual.
Se eu estou recluso na minha terapia,
Quem é você para se intrometer,
Nunca precisei de sua companhia,
Para criar e para fazer tudo acontecer.
Essa é minha nova magia, resolvi mudar um pouco a cidade,
Coloquei meu All Star, alterei minha personalidade.
Desculpe se isso é ofensa, gosto da originalidade.

By: RiCke MaveRiC.

21.1.13

Novato

Feito em 21 de Janeiro de 2013...
Bem vindos a mais uma experiência de criação,
Usando da força imaginária da ciência da sedução,
À noite se fabricam pessoas sem decência e coração,
Qual é a sua oferta para uma futura negociação?

A noite é sedutora, me leva pra fora,
De mim, sobre mim, a minha noite de glória.
Minha mente quer dinheiro e uma visão indecente,
Poupe suas palavras, posso ser surpreendente,
Esse pode ser o começo da minha jornada,
Uma vida vazia, perdida em um nada.
Sou um novato tomando soro em um quarto,
O meu preço é barato e é meu próprio retrato.
Erguendo uma classe e subindo de status,
A loucura arredia da noite dos fracos.
Cavei a minha cova, eu ainda tenho solução,
Fabriquei a minha morte, peguei uma arma em minha mão,
Dei três tiros em uma cara. Isso é a revolução!

O que se esconde por trás dos olhos de um assassino,
Habitante da noite, que vigia sua presa?
Seria um crime juvenil de mais um menino,
Pensando em sua auto defesa?
A todo crime se exige total discrição,
Um bom planejamento com sangue frio e precaução,
Novato que é novato usa a sua própria mão,
Aperta o gatilho estourando um coração,
Confundindo os seus limites, isso tudo é a expressão.
Pois podemos domar leões, mas somos pequenos iguais a ratos,
Somos uma barganha final dos restos baratos.
Fraqueza, limites, falta de decência e de palpites,
Estamos em uma linha tênue entre a elite e os fracos.

Você não abriria sua boca para falar uma petulância,
Regressão para o passado, ainda na sua infância,
Na noite existem estereótipos de seres manipulados,
Pelos habitantes das noites, os mais perigosos e armados,
Sedutores por seus discursos de dupla personalidade,
O perigo virou diversão total de imoralidade.
Sou um novato tomando soro em um quarto,
Essa base mortal de um veneno insensato.
Viver agora é criar o meu auto-retrato.
Cometer crimes causa uma boa dependência.
A melhor das drogas será sempre a violência.
Qual é a sua oferta para uma futura negociação?
Dei três tiros em uma cara. Fim de operação.

By: RiCke MaveRiC.